Conselhos para escolher Brinquedos para o Natal

O Natal está próximo, e com ele vem a magia, as reuniões em família, e a alegria das crianças! E porque o Natal é das crianças, decidimos reunir alguns conselhos para comprar os brinquedos para as crianças neste Natal. É importante ter em consideração quais os tipos de brinquedos a comprar para os mais pequeninos e os cuidados a ter para que passem um natal feliz e longe do perigo. Aqui ficam alguns conselhos para ajudar na hora de comprar os brinquedos de natal para as suas crianças.

Brinquedos de Natal

Há muitos lugares onde se podem comprar brinquedos, mas nem todos os brinquedos cumprem com a normativa da UE e alguns podem ser perigosos. Por isso o PrendasNatal.pt decidiu criar este artigo para aconselhar os pais, tios, avós e padrinhos a terem atenção em alguns aspectos na hora de comprar os brinquedos de natal para as suas crianças. Fica a dica!

1. Primeiro deverá rejeitar qualquer brinquedo que cuja etiqueta não inclua a marca “CE” (Conformidade Europeia) de segurança e ter informações sobre os fabricantes ou importadores dos brinquedos. Visto que qualquer brinquedo fabricado ou vendido na UE deve conter a marca CE, o nome e a direção do fabricante, e um código que o permita identificar caso seja necessário retirá-lo do mercado por algum problema de segurança.

2. Tenha cuidado com os brinquedos que contenham peças pequenas, ou que contenham partes que possam levar a riscos de asfixia. As advertências de risco para menores de 3 anos devem estar claramente especificadas. A normativa estabelece que os produtos dirigidos a este grupo de crianças não devam conter peças de menos de 3 centímetros de diâmetro e de 6 centímetros de largura.

3. Deve comprovar o conteúdo da embalagem e o funcionamento do brinquedo para assegurar-se de que o mesmo está em perfeito estado. As instruções de uso para uma utilização segura e adequada do brinquedo devem estar no idioma português. Para além disso, convém conservar a fatura da compra e a embalagem do brinquedo para eventuais trocas.

4. É importante conhecer quais são os brinquedos mais apropriados para cada idade. Não convém comprar para as crianças de 0 a 2 anos, os brinquedos pensados para crianças mais velhas. Os fabricantes investem e têm um grande esforço para adequar cada brinquedo à idade recomendada. Por isso, aconselha-se a estudar a etiqueta e as advertências do fabricante e ter especial atenção à idade recomendada. Além disso, deve recusar oferecer um brinquedo que considere violento ou de guerra.

5. Deve fazer compreender às crianças que o pai Natal não pode trazer todos os brinquedos que pediram. Há que evitar o consumismo caprichoso desde a infância educando ao máximo os mais pequenos sobre o efeito da publicidade que exerce uma grande influência nas crianças.

6. Cuidado com os brinquedos que não são brinquedos. A legislação do projecto Europeu, considera brinquedo aquele que se destina a crianças entre os 0 e os 14 anos. Excluindo alguns produtos que vulgarmente são utilizados como brinquedos, como os puzles com mais de 500 peças, as joias de brincar destinadas às crianças, bem como os jogos e brinquedos destinados a adultos.

7. Escolher um brinquedo que se adeque a uma criança é uma tarefa complicada. Nos primeiros anos são sempre os adultos que escolhem os brinquedos, mas conforme o tempo passa os pais sentem-se desorientados sobre qual será o brinquedo mais adequado para o seu filho. É positivo questionar a criança antes da compra: O que tem? O que quer? O que necessita? É importante que sejam escolhidos em função da criança, tendo em conta a sua idade, gostos, interesses, necessidades e capacidades.

8. Brinquedos que educam: Quando se pensa que brinquedos comprar para os mais pequenos, é necessário também ter em conta os valores éticos e morais que propõem, uma vez que brincar é uma actividade muito importante para a educação das crianças. O educador activo deve procurar educar para os valores das suas crianças, para um consumo mais sustentável, e mais solidário.

9. Dosificar os brinquedos. No natal as crianças obtêm muitos brinquedos de toda a família. Uma vez abertos os presentes, entregue apenas alguns para que brinquem com eles e guarde os restantes. É importante que entregue de forma dosificada à criança ao longo do ano.

10. Compartilhar a brincadeira com as crianças: Nas brincadeiras, o adulto tem um papel muito importante, uma vez que os mesmos acompanham os seus menores nas suas brincadeiras, transmitindo hábitos de uso e cuidado com os brinquedos ou então observar a sua actividade lúdica. É bom acompanhar discretamente a brincadeira das crianças para evitar riscos e favorecer o uso seguro dos brinquedos.

  • Ordenar por:
  • Título
  • Data
  • Aleatório
  • Prendas de Natal, Ideias e Sugestões
    Ler Mais
  • Prendas de última hora
    Ler Mais
  • Prendas de Natal para Mulheres
    Ler Mais
  • Prenda de Natal Original: Notebook com Capa Peças de Lego
    Ler Mais
  • Uma caneca que todos vão querer como prenda este Natal
    Ler Mais
  • Prendas de Natal ideais a um preço justo
    Ler Mais
ver mais / pressiona SHIFT para todos ver todos

Gostas do Prendas Natal?